Cinema: O Discurso do Rei

Simples, Surpreendente e Impecável…

Colin Firth e Geoffrey Rush em “O Discurso do Rei”.

O Discurso do Rei, é um daqueles filmes para quem é fã de cinema. O filme traz um roteiro inteligente, atuações brilhantes e uma ótima trilha sonora.

Na trama, George (Colin Firth) é forçado a se tornar Rei da Inglaterra, mas o futuro Rei sofre de gagueira. Sabendo que como Rei terá que discursar em público, ele contrata um médico, Lionel (Geoffrey Rush) para ajudá-lo.

Parecia um roteiro simples, mas é aí que o filme cresce. Porque o roteiro é genial. O roteiro escrito por David Seidler está concorrendo ao Oscar na categoria de Roteiro Original. Em nenhum momento o filme se torna chato, muito pelo contrário, o roteiro tem grandes sacadas e vai do cômico ao drama com uma naturalidade assombrosa.

Colin Firth que faz o papel do Rei George VI está perfeito, parece até que já foi gago. Principal candidato ao Oscar de Melhor Ator, ao longo do filme percebemos que é difícil ele perder a estatueta. É uma daquelas atuações em que o ator incorpora o personagem. Geoffrey Rush no papel de Lionel, o médico que ajuda o Rei, também da conta do recado e entrega uma grande atuação. Helena Bonham Carter no papel de esposa do Rei George, faz uma atuação contida, mas que cresce em determinadas cenas.

O Diretor Tom Hooper, dirige com uma sutileza enorme e deixa a trilha sonora levar o filme. Inclusive a Trilha que é composta por Alexandre Desplat, vai subindo de nível conforme o protagonista vai passando por seus dramas e anseios e quando chega no momento decisivo do filme, se torna épica.

O filme tem cenas que marcam, como por exemplo, na cena em que o Rei escuta o vinil que foi gravado no consultório do doutor, ou na melhor de todas, que é quando o Rei vai finalmente fazer o discurso e tem aqueles segundos calado, sem falar nada… e o cinema todo em silêncio, esperando… demais!

O Discurso do Rei é um dos grandes filmes do Ano. No Oscar, é o mais indicado com 12 categorias. E vem dividindo a conquista de prêmios ao lado de A Rede Social. Será uma briga boa, visto que além de A Rede Social e O Discurso do Rei, temos grandes filmes no páreo como: Cisne Negro, Toy Story 3, A Origem

O Discurso do Rei, concorre a 12 Oscar’s incluindo: Melhor Filme, Diretor, Ator, Ator Coadjuvante, Atriz Coadjuvante, Roteiro Original, entre outros…

Nota: 9,0

The King’s Speech, 2010. Direção: Tom Hooper. Com: Colin Firth, Geoffrey Rush, Helena Bonham Carter, Guy Pearce, Timothy Spall. 118 Min. Drama.

Evilmar S. de Almeida

Anúncios

Um pensamento sobre “Cinema: O Discurso do Rei

  1. Assim como no ano passado a premiação desse ano para melhoes diretor e filme funcionaram como uma homenagem, foi uma premiação política, a academia tem que ficar mais atenta, daqui a pouca vai dar na vista, a do ano passado ficou bem na cara, foi mais uma homenagem aos soldados e famílias que combateram e/ou combatem na Asia, a desse ano nem precisa falar, qualquer um que assistui deve ter percebido quantas vezes o nome rainha e coroa foi citado…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s