Cinema: Rango

Simpático, Arriscado e Diferente…

Rango é a mais nova parceria entre o Diretor, Gore Verbinski e Johnny Depp. Ambos trabalharam juntos nos três primeiros filmes de Piratas do Caribe. Dessa vez Depp empresta a voz ao simpático camaleão que dá título ao filme.

No filme, Rango é um animal de estimação que acaba se perdendo de seus donos, e vai parar em outra cidade e acaba se tornando Xerife.

O que parecia ser uma história simples e divertida se torna também uma história profunda sobre sonhos, medo e responsabilidade.

Esses três temas são mostrados ao longo do filme. No começo, acompanhamos Rango criando um certo mundo ao seu redor, e depois que ele vai parar em outra cidade, acompanhamos ele inventar histórias de coisas que diz ter feito, mas que nunca aconteceu. E assim acompanhamos os sonhos do nosso simpático herói. Depois, quando a situação fica crítica e Rango tem toda a sua bravura colocada à prova, percebemos que ele é tomado pelo medo, e é humilhado em frente aos moradores da cidade e vai embora. Logo após esse fato, vem uma das mais belas cenas de Rango (não vou falar o que acontece, pra não dar spoiler). E logo após esta cena, Rango assume a responsabilidade e vai encarar os seus medos.
Todos esses temas são mostrados em conjunto com outro tema importante: a água. A falta dela, é mostrada de forma a fazer todos pensarem um pouco e refletir sobre o que o planeta está sofrendo.

O Diretor Gore Verbinski deixa claro, que o seu filme não é voltado apenas para crianças, basta olhar a censura do filme que é de 10 anos. Mesmo assim, muitas crianças assistem ao filme, mais é notável que em alguns diálogos do filme elas perguntem o que é “tal coisa”, o que é “aquilo” para os seus pais.

Percebemos que todos que trabalharam no filme se divertem. Gore Verbinski dá um show na direção, não assisti a versão em inglês, mas também dá pra ver que Johnny Depp, Isla Fischer e os demais dubladores estão em sintonia com seus personagens. O roteirista do filme, John Logan, que antes escreveu filmes com uma temática mais grandiosa como O Aviador, O Último Samurai, Gladiador, aqui mostra um roteiro cheio de piadas inteligentes que deixa a história ainda mais bacana. Até Hans Zimmer brinca de Ennio Morricone na trilha sonora, e entrega uma trilha animada e aventureira.

Dito isto, Rango está mais do que recomendado!

Nota: 9,0

Rango, 2011. Direção: Gore Verbinski. Com: Johnny Depp, Bill Nighy, Isla Fisher, Abigail Breslin, Timothy Olyphant, Alfred Molina, Ray Winstone. 107 Min. Animação.

Evilmar S. de Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s