Cinema: O Rei Leão

Respeito, Descobrimento e Jornada…

Depois de uma longa jornada de descobrimento Simba consegue retornar a Pedra do Rei.

Mufasa, o Rei Leão, e a rainha Sarabi apresentam ao reino o herdeiro do trono, Simba. O recém-nascido recebe a bênção do sábio babuíno Rafiki, mas ao crescer é envolvido nas artimanhas de seu tio Scar, o invejoso e maquiavélico irmão de Mufasa, que planeja livrar-se do sobrinho e herdar o trono.

Um filme que marcou uma geração, O Rei Leão volta aos cinemas no formato 3D, e mesmo sendo um filme de 1994, O Rei Leão mostra força, e mostra porque é uma das melhores animações lançadas até hoje. Um filme que fala brilhantemente sobre o ciclo da vida e mostra uma excepcional jornada de renascimento.

Não há como negar, O Rei Leão é um filme que tem uma estrutura espetacular. O roteiro bem equilibrado entre crescimento, o relacionamento entre pai e filho, com uma dose de drama, recheada com a comédia de Timão e Pumba, mostra que uma das chaves para esse sucesso foi o roteiro, e a outra são os personagens.

O filme que encantou as crianças e adultos em 1994, mostra uma coragem enorme no roteiro. O que falar de uma das cenas mais marcantes do cinema: Simba puxando o pai, morto depois de uma debandada de antílopes… e logo depois o seu tio colocando a culpa da morte do Rei no pequeno Simba… imagina esse turbilhão de coisas acontecendo com uma criança! Falando em Simba, é realmente incrível toda a trajetória desse personagem, desde a sua apresentação, passando pela sua infância com o pai, a fase largada com Timão e Pumba e depois a descoberta de quem ele é, e assim partindo para assumir o posto de Rei, que ele tinha direito desde o dia de seu nascimento.

Outro ponto forte do filme, é a trilha sonora de Hans Zimmer, trilha essa, que venceu o Oscar. Hans Zimmer, totalmente inspirado, compôs trilhas memoráveis que transformaram algumas cenas em compilações perfeitas. Cito como exemplo a cena de Simba contemplando as estrelas. Hans Zimmer, como sempre sendo um dos destaques.

O 3D do filme nem acontece em muitas cenas, mas quando acontece é fantástico. Zazu parece que está voando dentro da sala de cinema, do teu lado… da até vontade de estender a mão para tocá-lo. Mas o grande barato aqui, não é ver o 3D, e sim ter a oportunidade única de ver O Rei Leão no cinema!

Antes eu só tinha visto O Rei Leão em casa, e sempre gostei do filme e foi um dos filmes que mais me marcaram. Agora não existe emoção maior do que ver O Rei Leão no cinema. A emoção veio, e foi impossível conter as lágrimas… e eu não tenho medo de afirmar: O Rei Leão é o melhor e maior filme de animação da história do Cinema… Tenho um carinho muito grande por Toy Story, Wall – E, UP – Altas Aventuras A Bela e a Fera… mas nada se compara a O Rei Leão

O Rei Leão é um marco da história do cinema. Um filme que merece sempre ser conferido para que possamos pegar todas as lições de vida que ele passa. Um filme que vale a pena cada segundo…

P.S.: O Rei Leão tem o início mais espetacular da história do cinema!

O Rei Leão venceu 2 Oscar’s: Melhor Trilha Sonora e Melhor Canção, por Can You Feel the love Tonight.

Nota: 10,0

The Lion King, 1994. Direção: Roger Allers e Rob Minkoff. Com as vozes originais de: Matthew Broderick, James Earl Jones, Jeremy Irons, Rowan Atkinson, Moira Kelly, Ernie Sabella, Madge Sinclair, Whoopi Goldberg. 89 Min. Animação.

Evilmar S. de Almeida

Anúncios

Um pensamento sobre “Cinema: O Rei Leão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s