Cinema: Mamonas Pra Sempre

Sonho, Luta e Conquista…

Do começo difícil com o Utopia para a glória com os Mamonas Assassinas.

O filme narra a história da banda que em menos de dez meses saiu do anonimato para ser um dos maiores fenômenos da música brasileira. Repleto de material inédito guardado até hoje pelas famílias, resgata a trajetória do grupo, os desafios vencidos e sua ascensão. Divertidos, inteligentes, sarcásticos, mas, acima de tudo, muito criativos, os Mamonas Assassinas viraram o país de cabeça para baixo enquanto divertiam e alegravam os brasileiros.

A morte dos integrantes da banda Mamonas Assassinas já foi inúmeras vezes contada na televisão. Seja em especiais, ou em imagens de apresentações em programas, quando a banda faz aniversário de morte. Mas com certeza, esse é o registro mais pessoal sobre a banda. E acaba se tornando um material histórico para todos os fãs da banda.

O Diretor Cláudio Khans realizou um ótimo trabalho ao reunir gravações inéditas da banda, seja em shows ou no dia-a-dia dos integrantes. Mas Cláudio não fala apenas dos Mamonas, ele vai mais a fundo e mostra o início difícil que eles tiveram com a banda Utopia. Cláudio não apenas cita “antes eles eram a banda Utopia”, mas sim, mostra desde a reunião dos integrantes, imagens dos shows da Utopia, os “não” que a banda levou… enfim, um belo trabalho feito pelo diretor. Aí depois, vem aquela história que a gente já conhece: o sucesso meteórico da banda que conquistou o Brasil com a sua música alegre e irreverente.

Cláudio foi inteligente ao fazer o filme focado na carreira do grupo. Nenhum integrante é mais citado do que o outro. Todos tem o mesmo destaque, cada um tem o seu momento no documentário. E apenas no final do filme é citada a morte dos integrantes. Talvez os cinco minutos finais do filme, Cláudio Khans reserva para falar da tragédia. Se analisarmos, é um material diferente, e riquíssimo, já que na maioria das vezes que os Mamonas Assassinas aparecem na tv, é falando sobre a tragédia. Aqui, Cláudio optou por fazer um filme alegre, e cheio de animação… como eram os integrantes da banda.

O único defeito do documentário é mostrar os depoimentos com as pessoas. Cláudio poderia ter feito mais depoimentos em off, por cima das imagens da banda. Ficaria mais interessante. Um documentário nesse estilo que foi muito bem feito foi o documentário Senna.

Como diz uma mensagem ao final do documentário: “Uma homenagem aos Mamonas e aos fãs…” E os Mamonas sempre merecem ser relembrados.

Nota: 9,0

Mamonas Pra Sempre, 2011. Direção: Cláudio Kahns. Com: Dinho, Bento Hinoto, Samuel Reoli, Sérgio Reoli, Júlio Rasec. 84 Min. Documentário.

Evilmar S. de Almeida

Anúncios

Um pensamento sobre “Cinema: Mamonas Pra Sempre

  1. Muita gente os adoravam, mas poucas pessoas sabiam, que eles ficaram famosos da noite para o dia, devido à um PACTO COM O DIABO.
    Não foi á toa que morreram num acidente trágico.
    Tudo q o Diabo quer é levar a alma da pessoa pro inferno, ele dá de um lado e tira do outro…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s