Cinema: Melancolia

Pressão, Depressão e Metáfora…

Choque entre planetas: depressão.

Um planeta chamado Melancolia está prestes a colidir com a Terra, o que resultaria em sua destruição por completo. Neste contexto Justine está prestes a se casar com Michael. Ela recebe a ajuda de sua irmã, Claire, que juntamente com seu marido John realiza uma festa suntuosa para a comemoração.

Um filme para poucos. Lars von Trier roteirista e diretor do filme compôs um belo filme que mostra de maneira brilhante a depressão corroendo uma pessoa.

A personagem Justine está se casando, mas devido ser pressionada por algumas pessoas (tanto no pessoal, como no profissional), a depressão surge de forma arrebatadora para ela. A depressão é tanta, que seu casamento não chega nem a durar um dia. De maneira perfeita, Lars von Trier vai mostrando o desgaste da personagem, que perde a vontade de fazer coisas simples, como por exemplo tomar banho. O diretor foi genial em colocar metáforas para explicar como a depressão estava atingindo a personagem. Pelo lado dos pais delas, temos o patriarca que é uma figura alegre, mas não é muito presente. Já a mãe, não tem amor próprio, e é a imagem da insatisfação e da tristeza. E na maior metáfora de todas, Lars von Trier usa o impacto entre dois planetas para mostrar como é a depressão chegando e tomando conta de uma pessoa. Simplesmente genial.

O elenco dá um show, principalmente Kirsten Dunst. Linda e brilhante, Kirsten vai fundo em sua personagem e entrega uma atuação corajosa e viceral. Charlotte Gainsbourg e Kiefer Sutherland são os outros pontos altos do filme. Com atuações pra lá de verdadeiras, eles tentam a todo custo ajudar a personagem de Kirsten. E o filme ainda trás o ótimo Udo Kier, que com uma atuação, digamos, “facial” é um dos personagens mais bacanas do filme.

A parte técnica do filme é espetacular. As cenas do início em câmera lenta são perfeitas. A fotografia do filme é linda, e a trilha sonora não é menos do que impactante. O único porém é a duração do filme. 130 minutos é demais para a história que Lars von Trier quis contar. Se o filme tivesse 30 minutos a menos, seria impecável. Mas mesmo assim, Melancolia é um dos grandes filmes deste ano.

Nota: 8,5

Melancholia, 2011. Direção: Lars von Trier. Com: Kirsten Dunst, Charlotte Gainsbourg, Kiefer Sutherland, Charlotte Rampling, John Hurt, Alexander Skarsgard, Stellan Skarsgard, Udo Kier. 130 Min. Drama.

Evilmar S. de Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s