Cinema: Um Dia

Amizade, Amor e Tragédia…

Dexter e Emma: amizade que se transforma em romance.

Emma e Dexter se conheceram na faculdade, em 15 de julho. Esta data serve de base para acompanhar a vida deles ao longo de 20 anos. Neste período Emma enfrenta dificuldades para ser bem sucedida na carreira, enquanto que Dexter consegue sucesso fácil, tanto no trabalho quanto com as mulheres. A vida de ambos passa por várias outras pessoas, mas sempre está, de alguma forma, interligada.

Ao término da sessão de Um Dia, a sensação que fica é que o diretor Lone Scherfig conseguiu transformar uma história até simples, em um filme bonito e tocante em sua boa parte. O diretor estreante acerta em boa parte do longa, porém comete alguns erros na parte final do longa.

Não há como negar, o filme não seria o mesmo sem essa dupla fantástica de protagonistas. Anne Hathaway e Jim Sturgess estão perfeitos, e nasceram para viver esses personagens. A sintonia dos dois é fantástica. Ela um pouco tímida no começo, tentando virar escritora. Ele, um cara mais a vontade, mulherengo e levando a vida de boa. Cada cena dos dois é uma beleza, méritos também para o diretor que dirigiu cenas tão belas e algumas tocantes.

Nos aspectos técnicos o filme é muito bom também. Tem uma iluminação bem interessante, mesclada com uma bela fotografia. A bela trilha sonora, carregada com um toque de piano sensacional, move cada cena do casal. A montagem ia bem até a sua parte final, porém é aí que o filme comete um pequeno erro.

Atenção Spoiler’s! Esta parte do texto é para quem viu o filme.

Começar o filme mostrando os personagens se conhecendo e já tendo aquela atração é um grande acerto para que o público ganhe afeição sobre os personagens. Depois acompanhamos a jornada dos dois com uma bela amizade, mas sempre com aquele sentimento de amor no ar, até que finalmente os dois ficam juntos e se casam. Até que a personagem Emma, sofre um acidente e morre. Logicamente, Dexter fica arrasado. A cena dele deitado na cama com lágrimas escorrendo é uma das mais belas do filme. Só que logo em seguida, temos uma cena que desvirtua um pouco do amor dos dois: arrasado ainda, ele vai a um Clube ou boate (como queiram) e tenta flertar com uma garota… depois acaba apanhando do namorado dela… enfim, por mais que no início nós tenhamos conhecido um Dexter mulherengo, essa cena, não fica muito interessante para uma pessoa que acaba de perder o amor da sua vida. Depois ele vai ficar com o pai, e o filme termina de maneira linda, mostrando alguns momentos de Emma e Dexter logo após se conhecerem.

Fim dos Spoiler’s!

Mesmo com um pouco de falhas, Um Dia é um filme gostoso de se assistir: bem dirigido em sua grande parte, ótima trilha, e atuações inspiradas de Anne Hathaway e Jim Sturgess. Um Dia, merece ser visto.

Nota: 8,0

One Day, 2011. Direção: Lone Scherfig. Com: Anne Hathaway, Jim Sturgess, Patricia Clarkson, Tom Mison, Jodie Whittaker, Ken Stott, Rafe Spall. 108 Min. Romance.

Evilmar S. de Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s