Cinema: Os Vingadores

Vibração, Ação e União…

Serviço feito: heróis reunidos salvam a terra.

Em Os Vingadores, quando um inimigo inesperado surge ameaçando a segurança global, Nick Fury, diretor da agência internacional de paz conhecida como SHIELD, recruta uma equipe para livrar o mundo de uma possível destruição: Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Hulk, Gavião Arqueiro e Viúva Negra.

O texto contém spoiler.

E finalmente depois de muita expectativa chega aos cinemas Os Vingadores. E a expectativa se transformou em um filme praticamente perfeito, recheado de ação e com pitadas de drama e de comédia.

Vou dizer uma coisa: Joss Whedon está de parabéns pelo filme que dirigiu. O diretor conseguiu equilibrar muito bem a quantidade de heróis dentro do filme, e cada um teve a sua hora de brilhar. Como já era de se esperar, ação é o que não falta. E o primeiro ato já é logo na cena de abertura, onde Loki já mostra do que pode ser capaz. Depois a expectativa vai crescendo para vermos Os Vingadores aparecendo… mas Os Vingadores não fica só na ação. Tem comédia, onde Tony Stark faz piada com praticamente tudo. Tem drama, tem suspense. Enfim, é um filme completo. Confesso que com a estreia do filme se aproximando fiquei um pouco receoso se o filme daria certo. Afinal de contas, reunir universos tão diferentes, poderia fazer o filme ser crível? Unir um Deus, um super-soldado, o Hulk, e o Homem de Ferro parecia ser algo galhofa. Mas ainda bem que o roteiro do filme se sobressai, e faz com que cada um deles seja importante no momento certo para acabar com a ameça que coloca a população em perigo. A direção de Joss Whedon também é fundamental para o filme dar certo. O diretor tem momentos brilhantes e cria algumas cenas que ficaram por muito tempo na memória. Cenas como Thor estendendo a mão para levantar Capitão América na batalha, Capitão América dando ordens aos guardas, agindo realmente como um Capitão deve agir… Hulk dando uma surra em Loki, ou na melhor de todas, onde o diretor usa um giro fantástico com a câmera para focar em todos os heróis juntos… demais!

No campo das atuações, Robert Downey Jr. se mostra cada vez mais a vontade como Homem de Ferro. Cada fala sua é motivo para se fazer uma piada. Mas quando precisa ser sério, o personagem cumpre bem o papel. Chris Evans é o Capitão América perfeito. Evans não é um grande ator, longe disso, mas é incrível a alma que ele deu ao personagem. Chris Hemsworth também consegue criar um ótimo Thor. O ator entrega um Thor, digamos triste, afinal de contas seu irmão está ligado na trama central do filme como vilão. Agora a grande surpresa realmente é Mark Ruffalo. Sempre gostei dos filmes dele, mas esse era um desafio para ele, pois o ator é acostumado a fazer drama, comédias românticas… e ainda tinha que encobrir a ótima atuação de Edward Norton no último filme do Hulk. Mas Mark Ruffalo dribla todos esses obstáculos e consegue ser uma das grandes atrações do filme, em determinado momento eu nem lembrava mais que o Norton já tinha feito o Hulk. No mais, Jeremy Renner mostra que foi feito pra fazer filme de ação. Samuel L. Jackson cumpre bem o seu papel. Tom Hiddleston consegue mostrar força como um vilão capaz de desafiar todos esses heróis juntos (apesar de ter levado uma surra do Hulk, em uma das melhores e mais divertidas cenas do filme). E Scarlett Johansson continua como sempre, linda, bela e acabando com todo mundo.

Ok. Os Vingadores é FODA, em cada cena de ação você fica sem fôlego, e a vontade que a gente tem é de estar junto com eles nessa batalha… Mas eu confesso que às vezes é bem melhor você ir assistir um filme desses sem ver nenhum trailer. No único trailer que vi, vi cenas como as piadas de Tony Stark, Thor dando uma martelada no Capitão América, Hulk segurando Homem de Ferro, quando o mesmo estava caindo… ver essas cenas tira um pouco da surpresa. Principalmente essa última que citei. Na hora que eu estava assistindo o filme, quando vi que o Homem de Ferro estava levando uma bomba para outro planeta, deduzi: “há… ele vai cair porque a armadura vai falhar, e o Hulk vai segurá-lo”. É por essas e outras, que não verei mais trailers de filmes que estou esperando muito… Esse é um dos motivos pelo qual eu não dou nota 10 para o filme. O outro motivo é porque o filme tem um começo um pouco lento. Tirando a cena de ação do Loki, o filme tem uma introdução longa demais.

Os Vingadores continua com o padrão de qualidade Marvel, o que nos faz ficar mais anciosos para acompanhar os novos filmes solos dos personagens que estão por vir, e também as continuações dos Avengers que virão.

Nota: 9,5

P.S.: O filme contém cena pós créditos.

The Avengers, 2012. Direção: Joss Whedon. Com: Robert Downey Jr., Chris Evans, Chris Hemsworth, Jeremy Renner, Mark Ruffalo, Scarlett Johansson, Samuel L. Jackson, Clark Gregg, Cobie Smulders, Tom Hiddleston, Stellan Skarsgard, Amanda Righetti. 142 Min. Ação.

Evilmar S. de Almeida é comentarista de cinema do Claquetes. Instrutor de Informática por profissão e cinéfilo por natureza, é fundador e Editor Chefe do Claquetes desde 2011.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Cinema: Os Vingadores

  1. Eu ainda nem vi, então não vou ler pra não ser spoileada!! xD
    Mas pela nota no final já vi que não vou me arrepender!!

    Tu assistiu em 3D? Queria saber se vale a pena mesmo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s