Cinema: Shame

Sexo, Vício, e Solidão…

Sexo para um personagem que na verdade vive na solidão.

Em Shame, o ator Michael Fassbender interpreta Brandon, um executivo charmoso que é viviado em sexo. A bem-sucedida vida profissional distoa do comportamento sexual compulsivo do personagem, cuja distração é seduzir mulheres e buscar prazer na internet.

o filme do diretor Steve McQueen é um retrato fiel das pessoas que não conseguem se relacionar com ninguém, nem com os familiares e nem em relacionamentos amorosos, sem que haja discussões, e assim, o prazer sexual do personagem Brandon é apenas uma das coisas que formam a sua solidão.

O roteiro do filme é interessante, agora a grande atração é Michael Fassbender. Em uma de suas melhores interpretações da carreira, Fassbender se entrega de maneira espetacular ao personagem, e não sente vergonha ao fazer as cenas de sexo, ou qualquer outra cena em que seu personagem apareça nu. Até a maneira de Brandon olhar impressiona na atuação de Fassbender. O galanteador viciado em sexo, é no fundo uma pessoa solitária e que tem problemas em conviver com outras pessoas, e isso fica provado quando a sua irmã chega de repente para morar em seu apartamento. Brandon só parece mudar, quando uma tragédia acontece. Mas será que o personagem realmente mudou de personalidade? O final em aberto, e com uma cena bem bacana que é muito parecida com uma cena que tem no começo do filme. Steve McQueen deixa que nós, o público, decida.

Além da boa direção de Steve McQueen, e da brilhante atuação de Michael Fassbender, o filme também trás Carey Mulligan em um papel bem diferente do que a atriz é acostumada a interpretá. Aqui ela faz a irmã desleixada, que não tem onde morar e parece não se importar com nada. Carey está ótima também, e em várias cenas duela com Fassbender em diálogos pra lá de reais. A trilha sonora do filme é outra coisa a se destacar, assim como a excelente montagem que o filme tem.

Um filme forte, cheio de nudez e cenas de sexo, onde as atuações se sobressaem e deixam o filme imperdível.

Nota: 8,5

Shame, 2012. Direção: Steve McQueen. Com: Michael Fassbender, Carey Mulligan, James Badge Dale, Mari-Ange Ramirez, Lucy Walters, Nicole Beharie, Alex Manette, Hannah Ware, Elizabeth Masucci. 101 Min. Drama.

Evilmar S. de Almeida é comentarista de cinema do Claquetes. Instrutor de Informática por profissão e cinéfilo por natureza, é fundador e Editor Chefe do Claquetes desde 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s