R.I.P: Tony Scott

Tony Scott, diretor de “Top Gun: Ases Indomáveis”, comete possível suicídio aos 68 anos.

A polícia de Los Angeles confirmou nesse domingo (19) que encontrou perto de Long Beach o corpo do diretor Tony Scott após um aparente suicídio da ponte Vincent Thomas, em San Pedro, Califórnia. As autoridades estão tratando o caso como suicídio, segundo The Hollywood Reporter, pois foi encontrada uma nota no carro do diretor, um Toyota Prius preto, estacionado na ponte, embora o conteúdo não tenha sido divulgado. Ele tinha 68 anos. Sua morte foi confirmada pelo assessor do diretor, Simon Halls, que não acrescentou mais detalhes e pediu privacidade para a família nesse momento. De acordo com os policiais, o diretor teria escalado uma cerca no lado sul da ponte e saltado por volta das 12h30 do domingo. A confirmação da identidade se deu horas depois, às 19h (horário local nos Estados Unidos). A busca pelo corpo do diretor envolveu a Polícia Portuária, a Polícia de Los Angeles, a Polícia Rodoviária, a Guarda Costeira e os Bombeiros, pois as águas perto do porto são muito turvas e exigiu o uso até mesmo de um sonar.

Irmão de Ridley Scott, Tony dirigiu Top Gun: Ases Indomáveis, seu maior sucesso, em 1986, além de Um Tira da Pesada II (1987), Dias de Trovão (1990), Inimigo do Estado (1998), Jogo de Espiões (2001),  O Sequestro do Metrô 123 (2009) e o último trabalho, Incontrolável (2010), com Denzel Washington e Chris Pine, entre outros filmes. Tinha anunciado, depois de anos, uma continuação de Top Gun e foi produtor com o irmão do ficção-científica Prometheus (ele era sócio da Scott Free Productions). Era casado com a atriz Donna W. Scott e tinha dois filhos.

Tony junto com o seu irmão, Ridley Scott.

Logo depois do anúncio de sua morte, amigos e a comunidade de Hollywood começaram a se pronunciar pelas redes sociais, como o diretor Ron Howard, “Não haverá mais filmes de Tony Scott. Dia trágico.“, o ator Peter Fonda, “Uau! Que tristeza. Tony Scott, um diretor brilhante, morreu.“, e o ator Stephen Fry, “Muito triste em saber da morte do diretor Tony Scott“.

Evilmar S. de Almeida é comentarista de cinema do Claquetes. Instrutor de Informática por profissão e cinéfilo por natureza, é fundador e Editor Chefe do Claquetes desde 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s