Cinema: Rock Of Ages – O Filme

Sonhos, Paixão e Música…

Tom Cruise vive Stacee Jaxx, um astro do Rock.

Rock of Ages: O Filme conta a história de uma garota interiorana, Sherrie (Julianne Hough), e de um garoto da cidade, Drew (Diego Boneta), que se conhecem em Los Angeles enquanto buscam seus sonhos em Hollywood. O romance rock and roll é contado através de clássicos e canções emocionantes de Def Leppard, Joan Jett, Journey, Foreigner, Bon Jovi, Night Ranger, REO Speedwagon, Pat Benatar, Twisted Sister, Poison, Whitesnake e muito mais.

E o Rock and Roll invade as telas do cinema com esta adaptação de um musical da Broadway, Rock Of Ages. Em meio a emoção de muitos clássicos do rock, surge um filme com alguns defeitos, porém, salvo por alguns atores.

Os defeitos do filme são um roteiro fraco e as atuações dos dois protagonistas, Sherrie e Drew. Comentando primeiro o roteiro, a grande falha é não dar atenção a uma só história principal. Hora acompanhamos os sonhos de Sherrie e Drew, mas depois percebemos que essa parte é um pouco esquecida, dando prioridade a um encontro de Stacee Jaxx (Tom Cruise) com ele mesmo… e assim vai acontecendo com outras histórias, mas logo depois temos o retomar dos sonhos dos protagonistas, e desse jeito o roteiro vai se desenrolando. Um acerto que o roteiro teve foi fazer essas histórias se desenrolarem com as letras das músicas, pena que ao mesmo tempo isso é usado para tampar esses buracos que o roteiro tem.

A química entre Julianne Hough e Diego Boneta, em nenhum momento chega realmente a decolar, e assim comprometem as suas atuações. Ela é linda, mas com uma voz que não agrada, chega a ser mais fraca do que Diego Boneta na atuação. E nos números musicais, uma coisa que me incomodou foi o play back. Tá certo que é um filme, e que os atores não são cantores, mais isso me incomodou um pouco.

Mas algumas coisas so sobressaem aos defeitos, e salvam o filme. São as atuações de algumas feras. Tom Cruise mostra que realmente tem muito rock and roll na veia e entrega uma atuação versátil e divertida, e em alguns momentos hilária com as suas feições de roqueiro bêbado e drogado Stacee Jaxx. Outro que rouba a cena é Russell Brand que gerência a casa noturna The Bourbon. Brand é hilário em todos os momentos, e é dono de uma das cenas mais engraçadas do filme, em que ele invade uma reportagem da personagem de Catherine Zeta Jones. Alec Baldwin vive Dennis Dupree, um ex-roqueiro que se segura como pode na fama que teve um dia, enquanto cuida da casa noturna The Bourbon (que Brand gerencia). Apesar de não estar muito inspirado, a atuação de Alec ainda merece destaque, assim como Paul Giamatti que interpreta o empresário de Stacee Jaxx. Com um humor sarcástico, Paul também se diverte em cena. Catherine Zeta Jones é que parece meio fora de sintonia ali, digamos que ela não é muito “rock and roll”, que o diga um número musical em que ela participa.

Entre altos e baixos, Rock Of Ages: O Filme merece ser visto, graças a Tom Cruise, Russell Brand, entre outros… e também aos clássicos do rock, que como o próprio filme diz: o rock and roll nunca vai morrer…

Nota: 7,5

Rock Of Ages, 2012. Direção: Adam Shankman. Com: Julianne Hough, Tom Cruise, Diego Boneta, Paul Giamatti, Russell Brand, Mary J. Blige, Malin Akerman, Catherine Zeta-Jones, Alec Baldwin. 123 Min. Musical.

Evilmar S. de Almeida é comentarista de cinema do Claquetes. Instrutor de Informática por profissão e cinéfilo por natureza, é fundador e Editor Chefe do Claquetes desde 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s