Cinema: A Hora Mais Escura

Desafio, Coragem e Persistência…

Jessica Chastain caça o homem mais procurado do mundo.

Jessica Chastain caça o homem mais procurado do mundo.

Os ataques terroristas sofridos pelos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001 deram início a uma época de medo e paranoia do povo americano em relação ao inimigo, onde todos os esforços foram realizados na busca pelo líder da Al Qaeda, Osama bin Laden. Maya (Jessica Chastain) é uma agente da CIA que está por trás dos principais esforços em capturar bin Laden, por ter descoberto os interlocutores do líder do grupo terrorista. Com isso ela participa da operação que levou militares americanos a invadir o território paquistanês, com o objetivo de capturar e matar bin Laden.

E mais uma vez a premiada diretora Kathryn Bigelow entra no universo das guerras para contar a história sobre a caçada e morte de Osama bin Ladem. Mais uma vez a diretora se sai muito bem, e consegue criar uma ambientação muito realista em todo o seu o filme, o que o deixa fascinante em conferir, mesmo todo mundo já sabendo como a história termina. O trabalho da diretora foi incrível, ao mostrar cenas de torturas cruas, e também as cenas de perseguição a bin Ladem. O roteiro ficou por conta de Mark Boal que teve que reescrever a história para centrar a história também no assassinato a bin Ladem, que aconteceu durante a produção do filme.

Kathryn acerta em cheio logo no início do filme. Começar mostrando em tela telefonemas de pessoas que morreram no ataque terrorista em 11 de setembro de 2011, transmite um sentimento de pena, e nos faz relembrar toda aquela situação, e assim não tem como não entrar no clima do filme. Depois somos apresentados a personagem Maya, interpretada pela ótima Jessica Chastain. Uma mulher que nos é apresentada meio que tímida, digamos, mas que ao longo do filme cresce em coragem e determinação para cumprir com o seu trabalho que é localizar bin Ladem. Além de Jessica, outro destaque é Jason Clarke. Jason vive Dan, o responsável pelas torturas, que acaba virando amigo de Jessica e assim, ajudando ela na caçada a bin Ladem. Kyle Chandler, Mark Strong, James Gandolfini completam o elenco.

Além de se destacar na direção, atuações e roteiro, A Hora Mais Escura tem uma fotografia admirável e uma trilha sonora ótima de Alexandre Desplat. E com certeza, daqui a alguns anos o longa poderá servir até como estudo, por ser um ótimo retrato da caçada ao homem mais procurado do mundo, mesmo com o Pentágono investigando a produção para que nenhum segredo confidencial fosse revelado.

A Hora Mais Escura causa tensão em uma grande história, apesar de longo, o filme em nenhum momento fica chato de se acompanhar. E vale muito ser conferido.

Nota: 8,5

Zero Dark Thirty, 2012. Direção: Kathryn Bigelow. Com: Jessica Chastain, Jason Clarke, Joel Edgerton, Jennifer Ehle, Mark Strong, Edgar Ramírez, Kyle Chandler, Harold Perrineau. 157 Min. Ação.

Evilmar S. de Almeida é comentarista de cinema do Claquetes. Instrutor de Informática por profissão e cinéfilo por natureza, é fundador e Editor Chefe do Claquetes desde 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s