Cinema: Invocação do Mal

Medo e tensão no melhor filme de terror dos últimos anos.

Medo e tensão no melhor filme de terror dos últimos anos.

Invocação do Mal acompanha a história real da família Perron, assombrada na década de 70 em uma casa no campo de Rhode Island. Antes de existir Amityville, havia Harrisville. Baseado em uma história real, Invocação do Mal narra a investigação empreendida por Ed e Lorraine Warren, mundialmente conhecidos, chamados para ajudar a família Perron, que estava sendo assombrada por fenômenos sobrenaturais. O longa-metragem é baseado nos arquivos de casos do casal de demonologistas. Obrigados a enfrentar uma entidade demoníaca poderosa, os Warrens se viram presos ao caso mais aterrorizante de suas vidas.

Fazia tempo que o cinema não nos brindava com um filme que realmente nos dava medo. Chegar perto do nível de terror alcançado por grandes clássicos como O Exorcista, O Iluminado e O Bebê de Rosemary é um feito para poucos. A Bruxa de Blair e Os Outros são exemplos, assim como o surpreendente terror espanhol REC. Invocação do Mal não tem tanto para se tornar um clássico como esses citados acima, mas sim, é o melhor filme de terror desses últimos anos.

O casal Carolyn e Roger se mudam com as cinco filhas para uma casa sinistra. As filhas começam a ver e sentir coisas e presenças estranhas também… enquanto isso na matriarca da família, manchas estranhas vão aparecendo no seu corpo. Carolyn resolve procurar o casal Ed e Lorraine Warren (ele demonologista, e ela é uma médium), para ajudar a desvendar os estranhos fenômenos que vem acontecendo na casa. O casal de demonólogos não sabiam que estavam diante da investigação mais aterrorizante das suas carreiras.

A grande sacada do roteiro e que faz o filme ser muito bom, é o modo como ele usa os elementos do terror. O roteiro usa os chiados, o elemento da casa escura, sons aterrorizantes, na medida certa. E consegue algo muito importante para fazer este filme dar certo: transformar a casa em um personagem do filme. Algo que Os Outros conseguiu perfeitamente. Você sentir a casa como um personagem é um grande gol que o filme conseguiu. Para os cinéfilos, não será difícil notar a homenagem a O Exorcista e Os Pássaros que o roteiro faz.

James Wan é o responsável pela direção. O diretor tem no seu currículo o primeiro filme da série Jogos Mortais, que é o melhor filme da série. Com um ótimo material em mãos, James mostra que sabe contar uma história, e colocar a tensão e o medo na medida certa. O filme tem também uma trilha sonora arrepiante. Além de ter uma excelente fotografia, que recria perfeitamente a década de 70. Ao fim do filme, temos a oportunidade de conhecer as verdadeiras pessoas que passaram por tudo isso, já que passam fotos delas durante os créditos finais.

Além do casal de demonólogos ser interpretados por Patrick Wilson e Vera Farmiga, temos no elenco alguns atores conhecidos de seriados, como Ron Livinston (Band Of Brothers), Lili Taylor (A Sete Palmos) e Hayley McFarland (Lie To Me).

Então é isso, um terror como nos velhos tempos, feito realmente para te causar medo, te fazer remecher na cadeira… Invocação do Mal tem todos os elementos para ser uma das sessões mais apavorantes que você já viveu…

Nota: 9,0

The Conjuring, 2013. Direção: James Wan. Com: Vera Farmiga, Patrick Wilson, Lili Taylor, Ron Livingston, Shanley Caswell, Hayley McFarland, Joey King, Mackenzie Foy, Kyla Deaver. 112 Min. Terror.

Evilmar S. de Almeida é comentarista de cinema do Claquetes. Instrutor de Informática por profissão e cinéfilo por natureza, é fundador e Editor Chefe do Claquetes desde 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s