Cinema: Thor – O Mundo Sombrio

Thor: Estratégia, e a ajuda do irmão para conseguir os objetivos.

Thor: Estratégia, e a ajuda do irmão para conseguir os objetivos.

Enquanto Thor (Chris Hemsworth) liderava as últimas batalhas para conquistar a paz entre os Nove Reinos, o maldito elfo negro Malekith (Christopher Eccleston) acordava de um longo sono, sedento de vingança e louco para levar todos para a escuridão eterna. Alertado do perigo por Odin (Anthony Hopkins), o herói precisa contar com a ajuda dos companheiros Volstagg (Ray Stevenson), Sif (Jaimie Alexander), entre outros, e até de seu irmão, o traiçoeiro Loki (Tom Hiddleston), em um plano audacioso para salvar o universo do grande mal. Mas os caminhos de Thor e da amada Jane Foster (Natalie Portman) se cruzam novamente e, dessa vez, a vida dela está realmente em perigo.

Confesso que de todos os heróis mais conhecidos, Thor foi o último que tomei conhecimento. Ler quadrinhos não é o meu forte, sempre preferi os filmes. O primeiro Thor, se mostrou bem bacana, e gostei do modo como o personagem foi apresentado. O segundo filme, consegue ser superior em praticamente todos os aspectos em relação ao primeiro filme, e assim faz valer a pena a sessão.

O filme tem alguns defeitos no roteiro. Defeitos esses, que são corrigidos por um ritmo e edição muito boas. Uma das coisas que não foi explicada claramente pelo roteiro é como uma arma tão poderosa foi parar com a personagem de Natalie Portman; outra: Thor nunca se mostrou muito estrategista… pelo menos até este filme, e talvez isso incomode alguns fãs do personagem, eu como não sou fã do quadrinho, não atrapalhou a minha experiência com o filme… enfim, mas o ritmo do filme não cai em nenhum momento, muito pelo contrário, o ritmo é sempre lá em cima te deixando a par de todos os acontecimentos e você nem percebe que o filme já está chegando ao final. Quanto ao elenco, apenas destacar o fora de série Tom Hiddleston, que continua incrível como Loki. O ator realmente nasceu para esse personagem.

Para aqueles que disseram que no primeiro filme faltou cenas de ação, este segundo compensa e muito. Os efeitos especiais estão ótimos, e a trilha sonora está casando perfeitamente com o filme. E como já é de costume em todos os filmes da Marvel, fique atento as cenas pós créditos e lógico, a participação especial de Stan Lee.

Nota: 8,0

Thor: The Dark World, 2013. Direção: Alan Taylor. Com: Chris Hemsworth, Natalie Portman, Tom Hiddleston, Stellan Skarsgård, Idris Elba, Christopher Eccleston, Adewale Akinnuoye Agbaje, Kat Dennings, Jaimie Alexander, Anthony Hopkins, Benicio Del Toro. 112 Min. Ação.

Evilmar S. de Almeida é comentarista de cinema do Claquetes. Instrutor de Informática por profissão e cinéfilo por natureza, é fundador e Editor Chefe do Claquetes desde 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s