Cinema: Álbum de Família

Duelo de atuações: Julia Roberts e Meryl Streep.

Duelo de atuações: Julia Roberts e Meryl Streep.

Excelente oportunidade de vermos dois grandes talentos duelando pela atenção do público, é assim que começo a escrever sobre Álbum de Família. Meryl Streep e Julia Roberts nesse filme nos apresentam o que podemos chamar de aula de interpretação, mãe e filha respectivamente, fazem o público sofrer com as angustias e frustrações de cada personagem. Meryl Streep dispensa apresentações, recordista em indicações ao Oscar, é forte candidata a entrar para história da premiação, ficando ao lado de Katharine Hepburn como as únicas atrizes a ganharem quatro estatuetas. Aqui ela nos entrega uma mulher que carrega uma vida inteira de amarguras, uma mulher que foi capaz de se anular como pessoa em busca de uma fulga da dura realidade e que no transcorrer dos anos foi buscando apoio em medicamentos para não enfrentar os problemas, chegando ao ponto de tornar-se dependente destes medicamentos para continuar a viver. Julia Roberts, interpreta a filha mais velha de Violet Weston (Meryl Streep), que após a morte de seu pai, se vê na obrigação de retornar a casa de sua mãe e enfrentar velhos esqueletos deixados nos armários da residência de seus pais. Julia nos entrega uma das melhores interpretações de toda a sua carreira, Barbara, sua personagem, tem que conviver com seus insucessos, com seus problemas pessoais, com os problemas de suas irmãs mais jovens e principalmente com a dependência química de sua mãe, e ao mesmo tempo tem que ser forte o suficiente para controlar todos os problemas que a reunião da família vai fazer surgir. Aos poucos, somos apresentados a outros elementos da família Weston, e vamos, no decorrer do filme, percebendo que todos ali fingem uma felicidade que jamais tiveram, que todos fogem dos verdadeiros problemas, nunca enfrentando de frente os dilemas da vida adulta, e fica bastante claro com o desfecho de cada personagem, em especial Ivy (Julianne Nicholson) e Barbara (Julia Roberts). O elenco de apoio, se assim pode ser chamado, é composto de grandes nomes do cinema: Benedict Cumbertatch, Chris Cooper, Dermot Mulroney, Ewan McGregor, John Wells, Julianne Nicholson, Juliette Lewis, Abigail Breslin, Margo Martindale. Todos contribuindo para o desenvolvimento da história que está sendo contada. O filme carece de um roteiro um pouco mais acabado, principalmente na reta final da película, algumas histórias deixam o público com sensação que faltou algo para ser contado, mas nem isso é capaz de diminuir o talento do elenco. Não sei se estou certo, mas seria capaz de apostar que o Oscar de Melhor Atriz encontra-se nesse filme, e não se surpreendam se ocorrer a dobradinha Atriz Principal e Atriz Coadjuvante. Difícil mesmo seria escolher quem é a principal e quem é a coadjuvante nesta bela demonstração do que é fazer cinema.

Nota 9

August: Osage County, 2013. Dirigido por: John Wells. Com: Meryl Streep, Dermot Mulroney, Julia Roberts, Juliette Lewis, Benedict Cumberbatch, Abigail Breslin, Ewan McGregor, Sam Shepard, Chris Cooper, Julianne Nicholson, Margo Martindale, Misty Upham, Newell Alexander, Will Coffey. 130 Min. Comédia Dramática.

ass_manoel

ass_nayara

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s