Cinema: Ninfomaníaca – Volume 2

Ninfomaníaca - Volume 2

Violência: von Trier vai ao limite em mais uma obra polêmica.

Da mesma forma que este filme é uma continuação, faço uma continuação da crítica do primeiro. O primeiro filme terminou de maneira enigmática, já que vimos que Joe, que era viciada em sexo, dizer que não conseguia sentir mais nada, durante um ato sexual com o seu grande amor, Jerome. Nesta segunda parte, observamos logo no início o desespero de Joe na busca de conseguir novamente sentir algo quando pratica sexo, e isso nos leva a uma série de experiências vividas por ela para tentar se satisfazer.

A narrativa utilizada por Lars Von Trier é a mesma que ele utilizou no Vol. 1. Temos Joe contando sua história enquanto Seligman é um ouvite ávido em descobrir como tudo isso acabará. Um ponto forte que von Trier emprega em seu filme é a inteligência da narrativa a partir do momento em que o próprio longa duvida das histórias de Joe. Observe que de vez em quando pegamos Seligman dizendo que não consegue acreditar nas coincidências das histórias de Joe. Lars von Trier nos mostra fatos contados em flashbacks, e assim como Seligman ficamos tentando acreditar neles.

O roteiro deste Vol. 2 deixa de lado a carga sensual que tinha o Vol. 1 e abre espaço para a violência que acaba levando Joe para a destruição como ser humano. Lars von Trier não tem vergonha de nos mostrar cenas de sadomasoquismo entre outras coisas, enquanto a personagem Joe continua na sua busca pelo prazer. Talvez esse seja o erro desse Vol. 2, substituir a sensualidade pela violência.

O final da obra nos deixa um pouco perplexo pelo que acontece. Mas toda a história já nos deixa assim. O último ato de Joe é apenas a consequência de um ser humano que chegou ao fundo do poço devido ao seu vício e ações durante a vida. Em termos de final, von Trier concluiu muito bem sua obra.

No elenco Charlotte Gainsbourg aparece mais e se destaca muito em suas cenas. E destaque também para a participação de Jamie Bell como o misterioso K., violento e perturbado ao extremo.

Polêmicas a parte, von Trier entrega mais uma obra para se apreciar e refletir, utilizando temas como vício, sexo, violência e autodestruição.

Nota 8

Nymphomaniac: Vol II, 2013. Direção: Lars von Trier. Com: Shia LaBeouf, Charlotte Gainsbourg, Jamie Bell, Stacy Martin, Willem Dafoe, Stellan Skarsgard, Mia Goth, Udo Kier. 123 Min. Drama.

ass_evilmar

ass_nayara

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s