FREDDY KRUEGER: 30 anos de um dos maiores ícones do Cinema de Terror

Personagem clássico completa 30 anos desde o Clássico A Hora do Pesadelo de 1984

Em novembro de 1984 estreava nos Cinemas A Hora do Pesadelo, filme de terror dirigido e criado por Wes Craven, o filme traz um dos personagens mais famosos e cultuados do terror, Freddy Krueger! Vamos passar a limpo a caminhada de Krueger no cinema, e saber quais os melhores e piores filmes da franquia!

A Hora do Pesadelo (1984)

Sinopse: Um grupo de adolescentes tem pesadelos horríveis, onde são atacados por um homem deformado com garras de aço. Ele apenas aparece durante o sono e, para escapar é preciso acordar. Os crimes vão ocorrendo seguidamente, até que se descobre que o ser misterioso é na verdade Freddy Krueger, um homem que molestou crianças na rua Elm e que foi queimado vivo pela vizinhança. Agora Krueger, pode retornar para se vingar daqueles que o mataram, através do sono.

A Hora do Pesadelo

Opinião do Editor: Wes Craven cria um clássico que consegue sobreviver até hoje em muitos aspectos. Trilha sonora, atmosfera do filme, juntos a um roteiro bem amarrado fazem a história ser interessante até hoje, apesar de alguns efeitos parecerem mal feitos (lembre-se que o ano era 1984). Freddy é sarcástico, horripilante e aterrorizante. Em 1984 nascia Freddy Krueger, e junto com ele um clássico do cinema de terror. O filme ainda conta com Johnny Depp em início de carreira.

Nota 9

A Hora do Pesadelo 2: A Vingança de Freddy (1985)

Sinopse: Cinco anos se passaram desde que Freddy Krueger foi enviado de volta ao inferno. Mas agora um garoto novo na Rua Elm é quem tem sido assombrado todas as noites por horríveis visões deste ser maligno. E se sua alma perturbada finalmente conseguir possuir o corpo do garoto, Freddy retornará dos mortos para dar continuidade aos sangrentos assassinatos e descarregar sua ira e violência sobre toda a cidade.

A Hora do Pesadelo Parte 2 - A Vingança de Freddy

Opinião do Editor: Uma sequência que seria melhor nem existir. Freddy deixando o sarcasmo de lado? Freddy tentando possuir um corpo para matar no seu lugar? Esse não é o Freddy que eu conheço! Fora isso, o elenco é muito fraco, e o filme tem cenas muito mal feitas. Para piorar, até um clima de romance tentam criar entre os protagonistas, mas nada funciona. Uma das poucas coisas que se salvam é a trilha sonora.

Nota 4

A Hora do Pesadelo 3: Os Guerreiros dos Sonhos (1987)

Sinopse: Os sobreviventes dos últimos ataques de Freddy Krueger estão agora em um hospital psiquiátrico, e o doutor Neil Gordon tem a esperança que através de Nancy Thompson ele consiga encontrar a cura para esses jovens atormentados.

A Hora do Pesadelo 3 - Os Guerreiros dos Sonhos

Opinião do Editor: Com um elenco de melhor qualidade com nomes como o de Patrícia Arquette e Lawrence Fishburne, a terceira parte de A Hora do Pesadelo ainda conta com Heather Langenkamp reprisando o papel de Nancy, protagonista e sobrevivente do original. Bom roteiro, com cenas bem elaboradas, o filme traz de volta o Freddy que conhecemos. O longa também aproveita para contar a origem de Freddy, onde descobrimos que sua mãe, Amanda Krueger, foi estuprada centenas de vezes por maníacos e acabou ficando grávida. O único erro e exagero do filme é a cena do esqueleto no final… totalmente desnecessária.

Nota 8

A Hora do Pesadelo 4: O Mestre dos Sonhos (1988)

Sinopse: Freddy Krueger retorna mais uma vez do mundo dos mortos, desta vez para matar um a um os amigos de Kristen, uma garota paranormal que tenta descobrir uma maneira de acabar de vez com o terrível monstro dos sonhos.

A Hora do Pesadelo 4 - O Mestre dos Sonhos

Opinião do Editor: Mais um exemplar fraco da franquia. O roteiro absurdo se sustenta nos três sobreviventes do terceiro filme, que seriam os últimos filhos dos pais que mataram Freddy. Sendo que a personagem Kristen, que no anterior foi vivida por Patrícia Arquette, aqui foi substituída por outra atriz. Porém, o elenco é fraco e o filme acaba sendo mais do mesmo. Ponto positivo do filme é trazer a protagonista mais bonita da franquia, Lisa Wilcox.

Nota 5

A Hora do Pesadelo 5: O Maior Horror de Freddy (1989)

Sinopse: Incapaz de afetar a sobrevivente do filme anterior, Freddy Krueger parte para outro tipo de plano: atacar seu filho, enquanto ele ainda não tem como se defender.

A Hora do Pesadelo 5 - O Maior Horror de Freddy

Opinião do Editor: Este filme é um dos maiores absurdos da história do cinema… Freddy tenta invadir os sonhos do filho que a protagonista está esperando… sem falar que aqui Freddy começa a ficar desmoralizado! “Super Freddy”? Tem certas coisas que não precisam acontecer. Com certeza um dos piores exemplares da franquia!

Nota 3

A Hora do Pesadelo 6: Pesadelo Final – A Morte de Freddy (1991)

Sinopse: John Doe é o único sobrevivente da região onde Freddy Krueger atacava. Analisado por uma psicóloga, o jovem afirma ser o filho de Freddy. Ela consegue penetrar na mente do rapaz e tenta fazer com que ele volte à sua normalidade mental.

A Hora do Pesadelo 6- Pesadelo Final - A Morte de Freddy

Opinião do Editor: Com certeza é o pior da franquia e um dos piores filmes da história do cinema. Aqui descobrimos que Freddy tinha esposa e filha. Mas o roteiro é de um absurdo tão grande que chega a ser uma ofensa à inteligência do espectador. O pior elenco da franquia, só ajuda a piorar o filme. Até Robert Englund soa exagerado, já que o filme parece mais um stand up de Freddy Krueger. Enfim, esse filme bem que poderia nem existir. Johnny Depp volta à franquia em uma participação em apenas uma cena, que mostra que ele voltou apenas por gratidão, mas não pela qualidade do filme.

Nota 1

O Novo Pesadelo: O Retorno de Freddy Krueger (1994)

Sinopse: Depois de aterrorizar os moradores da Rua Elm Street em seus sonhos, Freddy Krueger descobriu uma maneira de invadir o mundo real, causando um novo tipo de preocupação para os moradores da famosa rua.

O Novo Pesadelo- O Retorno de Freddy Krueger

Opinião do Editor: A Franquia A Hora do Pesadelo foi ao fundo do poço. Depois de o primeiro filme virar um clássico do cinema, as últimas continuações eram cada uma pior do que a outra. E quem poderia salvar um dos personagens mais icônicos da história do Cinema? O seu criador, Wes Craven! Wes Craven retorna à franquia, e cria um dos melhores filmes do personagem, onde o terror trash dá lugar a um ótimo filme de terror psicológico.

Nota 8

A Hora do Pesadelo (2010)

Sinopse: Um grupo de adolescentes suburbanos compartilha um vínculo: todos estão sendo perseguidos por Freddy Krueger, um assassino horrivelmente desfigurado que os caça durante seus sonhos. Quando acordados, eles protegem uns aos outros, mas quando estão dormindo, não há escapatória.

A Hora do Pesadelo (Remake)

Opinião do Editor: O remake faz referências a várias cenas do clássico de 1984. Aqui as cenas de mortes são mais elaboradas e o filme consegue criar um clima de tensão muito bom. Porém, o filme tem um erro inadimissível: fazer Freddy Krueger parecer inocente em boa parte do filme. Wes Craven criador do personagem não teve envolvimento nenhum nesse remake, mas deu uma bela de uma cutucada no filme quando realizou Pânico 4.

Nota 6

Mesmo entre altos e baixos, Freddy Krueger é referência quando o assunto é terror… e não se assuste caso você sonhe com crianças pulando corda e cantando: “Um, dois, Freddy vem te pegar… Três, quatro, feche bem o quarto… Cinco, Seis, pegue o crucifixo… Sete, oito, fique acordado até tarde… Nove, dez, não durma nenhuma vez…

ass_evilmar

ass_nayara

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s