Cinema: Sniper Americano

Clint Eastwood leva às telas um dos melhores filmes de guerra já realizados

Clint Eastwood leva às telas um dos melhores filmes de guerra já realizados

Após a sua estreia, o sucesso de Sniper Americano foi surpreendente. O filme foi a maior bilheteria de 2014 nos Estados Unidos e boa parte do público o está considerando como o melhor filme de guerra já feito. Seria para tanto? Afinal, falar isso seria colocá-lo acima de grandes clássicos como O Resgate do Soldado Ryan e Platoon.

No filme, Bradley Cooper interpreta Chris Kyle, um cidadão do Texas que ganha a vida como vaqueiro. Após os atentados de 11 de Setembro, Kyle se junta às forças especiais da marinha dos Estados Unidos para servir na Guerra do Iraque. Em campo, ele se destaca como o maior e mais letal atirador de elite da história. Em seu currículo constam mais de 160 mortes.

O grande trunfo do filme é a capacidade de envolvimento dentro da história que ele consegue dar ao público. Clint Eastwood consegue criar cenas tensas no limite extremo, na qual algumas acompanhamos até em primeira pessoa. Cenas como a que um garoto pega uma bazuca e outra em que um garoto está com uma bomba na mão, e estamos acompanhando a partir da visão do personagem de Kyle a decisão de matar ou deixar viver essas pessoas. São imagens angustiantes tamanha a veracidade empregada em cena. Isso se deve a maestria de direção de Clint e da credibilidade que Bradley Cooper dá ao seu personagem.

Clint também aborda muito bem a alienação que o ambiente da guerra causa na personalidade de uma pessoa. Observamos o personagem de Kyle no início e percebemos o quanto ele é romântico, amoroso com sua esposa e o filho que está para nascer. Porém, conforme os anos passam e a guerra acontece (e consequentemente a distância de sua família), percebemos o quanto a sua personalidade é afetada e Kyle se transforma em uma pessoa fria de sentimentos, praticamente faz tudo no automático. E palmas para a grande atuação de Bradley Cooper, que nos últimos anos emplacou três indicações ao Oscar, a última por este personagem.

Mesmo com tanta qualidade, Sniper Americano pode contrariar algumas pessoas, tamanho patriotismo é empregado na tela. Lógico, o filme conta a história de um (anti) herói americano, na Guerra do Iraque. Seria até difícil, e digamos inocente, achar que com esse personagem o filme não tivesse uma proposta patriota bem forte. O fato é que Clint Eastwood dirigiu um dos melhores filmes do ano.

Tenso em sua trilha sonora e nas cenas e perfeito tecnicamente. É louvável ver o vigor de Clint Eastwood dirigindo um filme como esse, violento e ágil e que consegue nos transportar para dentro da história como um bom filme de guerra deve fazer. Imperdível!

Nota 9

American Sniper, 2014. Direção: Clint Eastwood. Com: Bradley Cooper, Kyle Gallner, Siena Miller, Cole Konis, Ben Reed, Elise Robertson, Luke Sunshine, Troy Vincent. 132 Min. Drama.

ass_evilmar

ass_nayara

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s