Séries: Os Originais

Originais1

A série Os Originais, trata-se de um derivado da série Os Diários de Vampiro. Tem seu roteiro centrado na família daqueles que são os primeiros vampiros do mundo, o clã Mikaelson. Eles são movidos pelo juramento de manterem-se unidos por toda a eternidade, “sempre e para sempre”  isso é o que estimula cada personagem. Mas até que ponto uma promessa feita séculos passados, pode ser cumprida? Esse dilema nos é apresentado sob a perspectiva de cada personagem. A família Original é composto por Nicklaus (Joseph Morgan), Elijah (Daniel Gillies), Rebekah (Claire Holt), Finn (Yusuf Gatewood), Ko (Daniel Sharman/Nathaniel Buzolic), Freya (Riley Voelkel), mas ela não é composta apenas de vampiros. Nicklaus é um híbrido, uma espécie de mistura entre vampiro e lobisomem, Elijah e Rebekah são os únicos vampiros puros da família, Finn e Freya são bruxos, Kol é um vampiro que pratica bruxaria. Vale destacar que a série foca sua história nos três primeiros personagens citados aqui, são eles que desde o primeiro episódio movimentam a trama. Os demais irmãos Mikaelson vão surgindo aos poucos na série.

A existência de diversas raças na trama da série pode confundir o telespectador, demoramos certo tempo para nos adaptarmos e conseguirmos associar cada um dos muitos personagens existentes em Os Originais. Com um roteiro bem escrito, com o passar do tempo cada personagem é utilizado na medida certa, o que faz com o que telespectador nem perceba que muitos personagens povoam a cidade.

A mescla de cada história é na medida certa. Quando aparece o questionamento sobre a ausência de determinado personagem, ele ressurge na história com força e o destaque necessário para nunca cair no esquecimento.

A trama tem início com a chegada de Nicklaus à cidade de Nova Orleans, onde sua família teve origem, e onde ele busca se restabelecer como líder. Sua chegada faz com que novas nuances sejam dadas aquela localidade. Seguindo os passos de Nicklaus, Elijah chega à cidade e descobre que Hayley, um antigo caso de Nicklaus, estava sob o domínio das bruxas que vivem em Nova Orleans, e que ela está a espera de um filho de Nicklaus, fato este quase inacreditável, haja vista que vampiros são inférteis. A partir da descoberta da gravidez de Hayley, Elijah começa a depositar suas esperanças de manter o juramento original, e que com o filho que Hayley e Nicklaus, poderia vir a unir os Mikaelson após séculos de desencontros. A primeira temporada é destinada a acompanharmos o período gestacional de Hayley e o quanto o bebê que esta sendo gerado pode alterar o destino de todas as raças que vivem em Nova Orleans. Vampiros, lobisomens, bruxos, híbridos e humanos, cada um deles vislumbra uma nova realidade após o nascimento da criança.

Original2

Na segunda temporada o foco da trama volta-se para os conflitos familiares dos Mikaelson. Não apenas os filhos, Ester e Mikael os genitores da família, Dahlia (Claudia Black) irmã de Ester, são personagens introduzidos na trama e que fazem com que o rumo de Nicklaus e seus irmãos corra perigo. Dahlia chega a Nova Orleans buscando dar cumprimento a uma antiga promessa celebrada entre ela e sua irmã Ester, a partir dessa premissa o futuro de Hope, a filha de Nicklaus e Hayley, e de todos os Mikaelson passam a ter novos riscos. Ainda durante essa temporada, podemos ver que Elijah e Nicklaus escondem muitas ossadas em seus armários e que são capazes de desenvolver sentimentos antes não vislumbrados nos personagens. Simultaneamente Nicklaus passa a desenvolver sentimentos humanos e Elijah nos apresenta sua faceta mais perversa, quase inacreditável para aquele que é o símbolo da discrição, educação, do bom senso, jamais movido pela emoção do momento e sempre vestido de forma impecável.

A atual temporada coloca as linhagens dos vampiros originais em conflito, frente à possibilidade da extinção, pois vem à tona o fato que após a morte do vampiro original que iniciou cada linhagem, todo aquele que lhe segue também deixa de existir. Aqui podemos presenciar os três irmãos Mikaelson na luta para que a família continue unida, mesmo com a possibilidade de uma guerra interna.

ass_manoel

ass_nayara

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s