Cinema: Zootopia

Zootopia

Já tem alguns anos que a Disney vem acertando sobre suas criações no quesito animação, após o fracasso de bilheteria ocorrida com algumas produções, como é o caso de A espada é a Lei e Marte Precisa de Mãe.

Esse ano chega uma animação voltada para o público infanto-juvenil que está dando o que falar, Zootopia é uma das produções contemporâneas que mais teve acertos da produtora esse ano.

Quando os telespectadores tiveram acesso ao trailer, imaginaram tratar-se apenas de mais um filme infantil da Disney, porém, quando se ver o longa na íntegra, perceberam que se tratava de uma trama profunda e uma aventura brilhante.

Embora os personagens sejam animais que falam semelhante a fábula, a premissa do filme é bem mais complexa e facilmente reconhecida pelo público, mamíferos e predadores convivem pacificamente, mas a Lei Natural que envolve esses dois reinos não foi completamente resolvida. Com a direção de Byron Howard e Rich Moore (Enrolados e Detona Ralph, respectivamente), somos apresentados a coelhinha fofa chamada de Judy Hopps que desde criança tem o sonho de ir morar na cidade de Zootopia exercendo a profissão de policial.

Esse sonho, porém, não é levada a sério por leões, ursos, rinocerontes e outros gigantes da natureza, considerados mais capazes para o trabalho, inclusive seus pais não a encorajam a prosseguir e preferem que ela seja uma produtora de cenoura como eles e os outros membros da família.

No entanto, esperta e corajosa, Judy consegue entrar para a academia policial e se destacar no recrutamento. Ao se mudar para Zootopia, ela se depara com uma cidade repleta de oportunidades e civilizada, mas ao mesmo tempo está cheia de preconceitos e intolerâncias, inclusive por parte da própria coelhinha. A protagonista acaba tento que tolerar seus preconceitos desde o seu primeiro encontro com a raposa Nick Wilde. Ele, diferente de Judy, possui todas as características que a sociedade impõe sobre sua espécie, é malandro, espalha golpes pela cidade e sua astúcia faz ele levar muitas vantagens.

A relação entre os dois começa a mudar quando Judy e Nick são obrigados a unir forças para resolver um caso de desaparecimento de um animal predador. O chefe de Judy, não acreditando no potencial da coelhinha, dar a ela um prazo de 48 horas para resolver o caso do desaparecimento e é aí que uma trama policial entra em ação, cheia de mistérios e surpresas.

À medida que a trama vai evoluindo, percebemos quão profundo o assunto é e os personagens também. E o que era um mero caso de desaparecimento, é na verdade um complexo caso de animais predadores voltando a sua natureza primitiva de violentos e irracionais.

A história traz uma reflexão sobre julgar pela aparência, em que os protagonistas também estão sujeitos a cometer erros. O mundo criado em Zootopia mostra a intolerância existente no mundo e que precisa ser admitida e superada, não apenas mascarada com falsos moralismos.

Além dos efeitos visuais bastante elaborados, um cenário inteligente, uma reflexão sobre vários preconceitos existente no mundo (inclusive o da mulher como representação do sexo frágil), o longa é mais uma experiência da nova fase do estúdio Disney, que também evitou transformar Elsa em uma vilã e mostrou com a princesa Merida que para ser feliz não precisa da presença de um marido, Zootopia serve para mostrar a essa nova geração que uma fábula precisa ter uma relação mais pessoal, o público precisa fazer parte da história, identificando-se com ela, para captar o real sentido da mensagem. Além disso tudo, não deixando de lado, claro, a diversão, tanto para adultos como para crianças.

Nota 9

Zootopia, 2016. Direção: Byron Howard e Rich Moore. Com as vozes originais de: Ginniferr Goodwin, Jason Bateman, Idris Elba, J. K. Simmons, Octavia Spencer, Shakira. 108 Min. Animação.

ass_nayara_2

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s