Cinema: O Shaolin do Sertão

o-shaolin-do-sertao

Quando Cine Holliúdy estreou em 2014, surpreendeu todo o país ao levar as gírias e falas comuns ao povo cearense para todas as salas de cinema do país. Para um total entendimento, na maioria dos outros estados, o filme precisou ser legendado. Projeto arriscado do diretor Halder Gomes e do ator Edmilson Filho, mas que foi sucesso por onde passou. Agora a dupla volta a trabalhar junta e trás aos cinemas O Shaolin do Sertão, um filme de artes marciais no sertão do Ceará.

Na história, conhecemos Aloísio ‘Li’ (Edmilson Filho), um tímido padeiro que é apaixonado por artes marciais, mas que acaba virando piada na cidade de Quixadá devido essa paixão. A sorte (ou seria azar?) dele começa a mudar quando um famoso lutador, Toni Tora Pleura (Fábio Goulart), desafia um lutador da cidade. Aloísio recebe treinamento de um estranho mestre chinês (Falcão) para se preparar para a luta. Ele divide a expectativa da luta com a paixão que ele tem por Anésia Shirley (Bruna Hamú), filha do seu patrão, Seu Zé (Dedé Santana) e prometida para Armandinho (Marcos Veras).

Se em Cine Holliúdy foi possível notar as referências ao clássico italiano Cinema Paradiso, aqui Halder Gomes se inspira muito em Rocky: Um Lutador – rapaz desacreditado que tem um oponente quase impossível de se vencer; Karatê Kid: A Hora da Verdade – toda a preparação e treinamento para a grande luta; e todos os outros filmes de artes marciais das décadas passadas. Só uma pessoa tão apaixonada por cinema, principalmente cinema antigo, poderia utilizar tão bem essas referências em meio ao cenário do sertão nordestino.

Passado na década de 80 na cidade de Quixadá, o roteiro do longa é recheado de falas e gírias comuns ao povo cearense (assim como em Cine Holliúdy). O que torna o filme uma experiência mais especial ainda para o povo do nosso estado. Halder mais uma vez homenageia o povo cearense, o povo nordestino. É como se o filme fosse feito pelo povo, para o povo. A cada fala dita, é como se o diretor conseguisse nos transportar da sala de cinema para dentro da história.

A beleza das serras de Quixadá, do açude do Cedro, do sertão, de uma paisagem interiorana foram bem captadas pelo diretor que conseguiu criar cenas belíssimas, inclusive a do treinamento de Aloísio ‘Li’. A fotografia que compõe todo o filme é linda e vai emocionar aqueles que têm um vínculo com a cidade que a história do longa se passa.

Edmilson Filho mais uma vez está ótimo, aqui ele consegue fazer rir com suas fisionomias e lutas corporais. Agora, um dos personagens que mais merece destaque é o jovem garoto Igor Jansen, que interpreta Piolho. Talvez o personagem mais carismático de todo o filme. A forma com que ele consegue nos tirar risadas é tão simples e natural que é impossível você não se apegar ao personagem. Marcos Veras consegue incorporar bem o cearense, reproduzindo sotaque e trejeitos do nosso povo, e também está ótimo no filme. O longa apresenta a jovem Bruna Hamu, e nomes conhecidos, como Fafy Siqueira e Dedé Santana.

O Shaolin do Sertão não é um filme perfeito, em minha opinião, possui um erro em seu roteiro que foi o mal desenvolvimento que é do romance entre Aloísio ‘Li’ e Anésia Shirley. Faltou mais capricho nessa parte, mesmo não sendo o ponto principal do filme. No mais, o filme tem alguns erros de edição, mas nada que prejudique o resultado final da história.

Halder Gomes se mostra um diretor inventivo, criador de ótimos personagens e que consegue extrair um humor bem diferente dos outros filmes de comédias feitos aqui no Brasil. É um humor legítimo que com talento e personalidade consegue divertir a todos.

Nota 9

O Shaolin do Sertão, 2016. Direção: Halder Gomes. Com: Edmilson Filho, Bruna Hamu, Dedé Santana, Fábio Goulart, Fafy Siqueira, Falcão, Igor Jansen, Marcos Veras, Bolachinha, Haroldo Guimarães, João Inácio Júnior, Lailtinho Brega, Tirulipa. 100 Min. Comédia.

ass_evilmar

ass_nayara

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s