R.I.P.: Alan Rickman

Morre Alan Rickman, interprete do Professor Snape na Saga Harry Potter

alan rickman

Ergão suas varinhas e lancem o lumus maxima. Horgwarts está de luto. Faleceu nesta quinta-feira (14/01) o nobre ator britânico Alan Rickman, que lutava contra um câncer.

Teatro, TV ou Cinema, seja qual fosse a mídia ele sempre era elogiado em suas atuações. Alan foi vencedor do Globo de Ouro em 1997, pelo papel de Grigori Rasputin, no filme Rasputin. Ele também foi ganhador do Bafta em 1992, pelo papel do Sheriff George em Robin Hood: O Príncipe dos Ladrões. Apesar das premiações, o personagem pelo qual ficará marcado será o do Professor Snape, na Saga Harry Potter. Também foi visto atrás das câmeras, dirigindo Momento de Afeto em 1997 e Um Pouco de Caos em 2014.

O trio de protagonistas da Saga Harry Potter, se pronunciaram sobre a morte do amigo. Daniel Radcliffe citou a lealdade. “Um dos maiores atores. Ele é também uma das pessoas mais leal que eu já conheci na indústria cinematográfica“. Rupert Grint lamentou a morte. “Estou devastado ao ouvir sobre a morte de Alan Rickman. Meus pensamentos estão com sua família e amigos nesse momento“. Emma Watson ressaltou a tristeza da morte. “Eu estou triste em saber sobre a morte de Alan hoje. Eu me sinto sortuda de ter trabalhado e passado um tempo com um ator e homem tão especial. Vou sentir muita falta de nossas conversas. RIP Alan. Nós te amamos“.

O ator deixa dois trabalhos inéditos que vão estrear no cinema. Escutaremos sua voz em um dos personagens computadorizados de Alice Através do Espelho e sua atuação em Eye in the Sky, ao lado de Helen Mirren.

Alan também pode ser visto em filmes como Duro de Matar, Razão e Sensibilidade, Simplesmente Amor, Quase Deuses, O Guia do Mochileiro das Galáxias, Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet, entre outros.

Alan deixa a esposa Rima Horton, com quem se casou ano passado, após 50 anos de convivência.

#RIPAlanRickman

ass_evilmar

Anúncios

R.I.P.: Wes Craven

Morre Wes Craven, criador de Freddy Krueguer e diretor da Franquia Pânico.

wescraven

Faleceu neste domingo (30/08), na cidade de Los Angeles, o diretor Wes Craven, famoso por diversos filmes de terror. Ele morreu aos 76 anos, vítima de um câncer no cérebro.

Conhecido como “mestre do terror” graças a reinvenção do gênero com duas de suas criações, os filmes A Hora do Pesadelo e a franquia Pânico. Em A Hora do Pesadelo, criou um personagem que é cultuado até hoje, Freddy Krueguer. Na franquia Pânico, fez surgir uma máscara que até hoje é lembrada pelos cinéfilos. Pânico ficou reconhecido mundialmente, por uma estética nova no terror e por um roteiro inovador. Wes, recriava ali, pela segunda vez o gênero que o consagrou.

Wes Craven revelou atores que até hoje fazem sucesso. Johnny Deep foi descoberto por ele em A Hora do Pesadelo (1984) e Sharon Stone teve seu primeiro papel de protagonista em Bênção Mortal (1981). Bruce Willis por sua vez ganhou de Wes, um papel na série Além da Imaginação na década de 1970.

Seus principais filmes são: Aniversário Macabro (1972), Quadrilha de Sádicos (1977), Bênção Mortal (1981), A Hora do Pesadelo (1984), A Maldição de Samantha (1986), As Criaturas Atrás das Paredes (1991), Pânico (1996), Música do Coração (1999) e Voo Noturno (2005).

Wes Craven nasceu em 2 de agosto de 1939 e seu último trabalho no cinema foi Pânico 4 em 2011.

Obrigado pelos pesadelos…

ass_evilmar

R.I.P.: Robin Williams

Indicado quatro vezes ao Oscar e vencedor por Gênio Indomável, Robin Williams morre aos 63 anos.

robin

Morreu o ator Robin Williams, segundo a polícia de Tiburon, na Califórnia. Uma investigação sobre a causa e circunstâncias da morte está sendo feita. Os investigadores disseram que Williams foi visto pela última vez vivo em sua residência, em Tiburon, onde mora com sua esposa, na noite de domingo. Segundo a polícia californiana, a suspeita é que o ator tenha cometido suicídio por asfixia.

Segundo Mara Buxbaum, agente do ator, o corpo de Williams foi encontrado na manhã desta segunda-feira (11) e ele estava lutando contra uma forte depressão. Ele já foi várias vezes internado em clínicas de reabilitação por problemas com drogas, sendo a última vez em julho passado.

Robin Williams deixa a esposa Susan Schneider e três filhos, Zachary, Zelda e Cody.

Sean Maguire: personagem que valeu a Robin Williams o Oscar de Ator Coadjuvante.

Sean Maguire: personagem que valeu a Robin Williams o Oscar de Ator Coadjuvante.

Sempre com grandes atuações, o ator tem em seu currículo filmes como Bom Dia Vitenã (1987), Sociedade dos Poetas Mortos (1989), O Pescador de Ilusões (1991), Uma Babá Quase Perfeita (1993), Jumanji (1995), Gênio Indomável (1997), que rendeu um Oscar de ator coadjuvante e Patch Adams: O Amor é Contagioso.

Williams ainda será visto em Uma Noite no Museu 3, Merry Friggin’ Christmas  e Absolutely Anything, todos em pós-produção.

ass_evilmar

R.I.P: Paul Walker

Paul Walker, estrela da franquia Velozes e Furiosos, morre em acidente de carro aos 40 anos.

paul-walker-614x400

Paul Walker, um dos astros da franquia Velozes e Furiosos, morreu neste sábado (30/11) em um acidente de carro no sul da Califórnia, nos Estados Unidos. Ele tinha 40 anos. O site TMZ deu a notícia em primeira mão, e aos poucos a notícia foi se confirmando em outros sites mais famosos como New Regency, IMDB, Variety e The Hollywood Reporter, além da página oficial do ator no Facebook também confirmar a morte.

O acidente aconteceu em Santa Clarita, ao norte de Los Angeles. Fontes ligadas a Paul disseram que ele dirigia um Porsche quando perdeu o controle do veículo e bateu no que seria um poste ou árvore. Em seguida, o carro teria pegado fogo. Além de Paul, uma outra pessoa que estaria no carro com ele também morreu, informou o TMZ.

1130-paul-walker-accident-scene-twitter-3

O filme Velozes e Furiosos 7 estava no final das gravações, e o oitavo filme da franquia já estava confirmado.

Além da franquia Velozes e Furiosos, Walker também pode ser visto em Mergulho Radical, ao lado de Jessica Alba, na comédia romântica Ela é Demais e o ator trabalhou com o diretor Clint Eastwood em A Conquista da Honra.

Evilmar S. de Almeida é comentarista de cinema do Claquetes. Instrutor de Informática por profissão e cinéfilo por natureza, é fundador e Editor Chefe do Claquetes desde 2011.

R.I.P: Tony Scott

Tony Scott, diretor de “Top Gun: Ases Indomáveis”, comete possível suicídio aos 68 anos.

A polícia de Los Angeles confirmou nesse domingo (19) que encontrou perto de Long Beach o corpo do diretor Tony Scott após um aparente suicídio da ponte Vincent Thomas, em San Pedro, Califórnia. As autoridades estão tratando o caso como suicídio, segundo The Hollywood Reporter, pois foi encontrada uma nota no carro do diretor, um Toyota Prius preto, estacionado na ponte, embora o conteúdo não tenha sido divulgado. Ele tinha 68 anos. Sua morte foi confirmada pelo assessor do diretor, Simon Halls, que não acrescentou mais detalhes e pediu privacidade para a família nesse momento. De acordo com os policiais, o diretor teria escalado uma cerca no lado sul da ponte e saltado por volta das 12h30 do domingo. A confirmação da identidade se deu horas depois, às 19h (horário local nos Estados Unidos). A busca pelo corpo do diretor envolveu a Polícia Portuária, a Polícia de Los Angeles, a Polícia Rodoviária, a Guarda Costeira e os Bombeiros, pois as águas perto do porto são muito turvas e exigiu o uso até mesmo de um sonar.

Irmão de Ridley Scott, Tony dirigiu Top Gun: Ases Indomáveis, seu maior sucesso, em 1986, além de Um Tira da Pesada II (1987), Dias de Trovão (1990), Inimigo do Estado (1998), Jogo de Espiões (2001),  O Sequestro do Metrô 123 (2009) e o último trabalho, Incontrolável (2010), com Denzel Washington e Chris Pine, entre outros filmes. Tinha anunciado, depois de anos, uma continuação de Top Gun e foi produtor com o irmão do ficção-científica Prometheus (ele era sócio da Scott Free Productions). Era casado com a atriz Donna W. Scott e tinha dois filhos.

Tony junto com o seu irmão, Ridley Scott.

Logo depois do anúncio de sua morte, amigos e a comunidade de Hollywood começaram a se pronunciar pelas redes sociais, como o diretor Ron Howard, “Não haverá mais filmes de Tony Scott. Dia trágico.“, o ator Peter Fonda, “Uau! Que tristeza. Tony Scott, um diretor brilhante, morreu.“, e o ator Stephen Fry, “Muito triste em saber da morte do diretor Tony Scott“.

Evilmar S. de Almeida é comentarista de cinema do Claquetes. Instrutor de Informática por profissão e cinéfilo por natureza, é fundador e Editor Chefe do Claquetes desde 2011.